TRANSMISSÃO AO VIVO

cultoaovivo2

Cultos gravados

cultos-gravados

BUSCA


Como chegar a PIBN

Digite o seu endereço.
Endereco:
Cidade:
Estado:
CEP:

Acompanhe a PIBN

Boletim Dominical

PEDIDO DE ORAÇÃO

FAÇA AQUI O SEU PEDIDO DE ORAÇÃO ON LINE

Nome:

Telefone para contato:

E-mail:

Seu pedido:
 

Climatempo

Principal Editoriais Que caiam todas as Babilônias!
Que caiam todas as Babilônias! PDF Imprimir E-mail
No artigo publicado pelo Jornal Batista, ed. nº 15, abril de 2015, de autoria do pastor Gilson Bifano e sua esposa Elizabeth, sob o título “Não à Babilônia”, vimos como é necessário pedir ao Senhor que caiam todas as babilônias apresentadas pela mídia mundial e especialmente a brasileira. Os articulistas conclamam os leitores a que digam “Não” à novela “Babilônia” que tem feito muito mal aos nossos lares. Males esses que tentam destruir os valores fundamentais para a preservação da família dedicada ao Senhor.

No referido texto temos importantes recomendações que servem para a nossa reflexão. Dizem os autores:

“Além de abolir o costume de assistir a novelas, os cristãos e aqueles que acreditam nos valores milenares da família, precisam repensar e selecionar minuciosamente os programas televisivos, além de cultivar na vida dos filhos um senso crítico em relação à mídia. Foi-se o tempo em que as novelas eram historinhas de amor. Hoje, os autores demonstram claramente que desejam desconstruir valores eternos da família, querem, intencionalmente, mudar conceitos e formar novos pensamentos, especialmente na nova geração.O que fazer diante deste quadro nebuloso?

Primeiro, devemos, sim, demonstrar nossa indignação. Escreva para as emissoras e demonstre sua contrariedade. Faça barulho! Use as redes sociais, demonstre sua indignação, mesmo que seja acusado de retrógrado e fundamentalista. Aqui vale a citação de Edmund Burke, em suas reflexões sobre a Revolução Francesa: “Porque meia dúzia de gafanhotos sob uma samambaia faz o campo tinir com seu inoportuno zumbido ao passo que milhares de cabeças de gado repousando à sombra do carvalho inglês ruminam em seu silêncio, por favor, não vá imaginar que aqueles que fazem barulho são os únicos habitantes do campo; ou ainda, que signifiquem mais do que um pequeno grupo de insetos efêmeros, secos, magros, saltitantes, espalhafatosos e inoportunos”.

Em segundo, construir na família um senso crítico, já na geração mais jovem. Cada cena, cada fala está impregnada de conceitos ideológicos que, na maioria das vezes, ferem a Palavra de Deus. Precisamos identificar estas mensagens e confrontá-la com a Bíblia. Por último, lembrar sempre à família, especialmente às crianças e adolescentes, as verdades absolutas da Palavra de Deus sobre família, casamento e sexualidade.”

Com esse desafio em mente, pedimos ao Senhor que caiam as babilônias que são colocadas diante de nossas famílias. Caiam as babilônias das brigas, das separações, da violência, da falta de amor no lar, das intrigas, da inveja, das drogas, da perversão sexual e de qualquer outra espécie de pecado e mal.

Que caiam todas essas babilônias!

“E outro anjo seguiu, dizendo: Caiu, caiu Babilônia, aquela grande cidade, que a todas as nações deu a beber do vinho da ira da sua fornicação” (Apocalipse 14.8).

Para tanto, Deus nos fortaleça e abençoe!

Seu pastor e amigo,
J. Laurindo.

 

Aliança Batista Mundial Convenção Batista Brasileira JMM JMN UFMBB UHBB JUMOC CBF STBN