TRANSMISSÃO AO VIVO

cultoaovivo2

Cultos gravados

cultos-gravados

Como chegar a PIBN

Digite o seu endereço.
Endereco:
Cidade:
Estado:
CEP:

Acompanhe a PIBN

Boletim Dominical

PEDIDO DE ORAÇÃO

FAÇA AQUI O SEU PEDIDO DE ORAÇÃO ON LINE

Nome:

Telefone para contato:

E-mail:

Seu pedido:
 

Climatempo

Principal
Graça salvadora PDF Imprimir E-mail

A campanha de Missões Nacionais para 2017 tem como tema “Jesus Transformação e Vida” e divisa, o verso acima. Como compreender essa palavra tão importante que o Apóstolo Paulo dirigiu ao pastor Tito? Será que no mundo em que vivemos podemos dizer que a graça de Deus continua se manifestando e trazendo salvação aos homens e mulheres de nossos dias?

Lembramos que essa “graça” é um dos mais caros elementos para a Igreja. Alister MacGrath mostra que o antigo teólogo, Agostinho de Hipona, ficou conhecido como “O doutor da graça” e que, no final da Renascença e no período da Reforma, houve um novo interesse pelo já tão conhecido conceito da graça de Deus ( NVI: an Reformation Thought introduction. Oxford: Basil Blackwell Ltd, 1988, p. 67). Na Reforma religiosa a graça tem prioridade. Ela veio para mostrar, a todos, que não havia outro meio de salvação para o homem perdido. Por isso, os reformadores proclamaram: “Sola gratia”, ou seja, “pela graça somente”. Essa ênfase, dada na doutrina da graça, já estava estabelecida na mensagem que Paulo deu à Igreja de Éfeso, ao declarar: “Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus” (Efésios 2.10, ).

Essa graça esteve no coração de Paulo ao falar, não somente às igrejas, mas também aos seus jovens pastores, como Tito, por exemplo. Na carta escrita a esse pastor, vemos a ênfase que o apóstolo dá no poder salvador da graça de Deus. Concordamos com a interpretação que o comentarista Wiersbe dá à graça de Deus, considerando-a como um “ministério”, cujo propósito é a redenção de todos que vivem neste mundo completamente desligados, alienados da graça de Deus. Declara o referido comentarista: “Uma vez que o ser humano não é capaz de salvar a si mesmo, a graça de Deus teve de trazer salvação para humanidade” (p. 345).

Essa mesma graça continua se manifestando salvadora a todos os brasileiros, espalhados por essa grande Nação. É nossa missão mostrar-lhes que ainda há tempo para se abraçar essa graça.Ainda há tempo de ser envolvido e alcançado pela graça salvadora de Deus.

Para tanto, Ele nos abençoe.

Seu pastor e amigo,
J. Laurindo

 

 

 

 

 

Aliança Batista Mundial Convenção Batista Brasileira JMM JMN UFMBB UHBB JUMOC CBF STBN