TRANSMISSÃO AO VIVO

cultoaovivo2

Cultos gravados

cultos-gravados

Como chegar a PIBN

Digite o seu endereço.
Endereco:
Cidade:
Estado:
CEP:

Acompanhe a PIBN

Boletim Dominical

PEDIDO DE ORAÇÃO

FAÇA AQUI O SEU PEDIDO DE ORAÇÃO ON LINE

Nome:

Telefone para contato:

E-mail:

Seu pedido:
 

Climatempo

Principal
QUE IGREJA SEREMOS? PDF Imprimir E-mail
Essa é uma pergunta desafiadora. Ela nos leva a refletir no papel e na importância da igreja para o mundo de hoje, uma vez que, no mundo de outrora ela pôde fazer o seu trabalho e ser vitoriosa chegando até nós.

Há muitos tipos de igreja. O que mais nos preocupa é se elas funcionam com base no Novo Testamento. Se assim o fazem, poderão prosseguir enfrentando perseguições, porque o mesmo Senhor que criou a igreja garante que as portas do inferno não prevalecerão contra ela (ver Mt 16.18).

Queremos ser uma igreja eletrônica? Uma igreja de célula, com célula, em célula? Uma igreja com propósito? Uma igreja-empresa? Uma igreja rebanho de Cristo? Enfim, que tipo de igreja queremos ser? Para nos ajudar a responder essa pergunta, encontrei no livro O evangelho em uma sociedade pluralista, de autoria de Lesslie Newbigin, algumas características que nos ajudam a entender o papel e a importância do tipo de igreja que queremos ser no mundo de hoje. São elas:

1) QUEREMOS SER UMA IGREJA QUE LOUVE AO SENHOR.

Ou seja, uma comunidade de adoração, que se preocupa em adorar Aquele que é digno de todo o louvor. Uma igreja assim tem na sua agenda a ação de graças como um dos seus principais fundamentos. É esse tipo de igreja que queremos ser hoje, a fim de que o louvor que oferecemos ao Senhor seja recheado com ações de graças.

2) QUEREMOS SER UMA IGREJA DA VERDADE.

Uma igreja cujo “modo de falar a verdade não deve estar alinhado às técnicas da propaganda moderna, mas deve ter a modéstia, a sobriedade e o realismo que são próprios de um discípulo de Jesus” (p. 293). É desse tipo de igreja que o mundo de hoje precisa, a fim de que a verdade prevaleça e não a mentira.

3) QUEREMOS SER UMA IGREJA PARA FORA.

Isto é, uma igreja que não vive olhando para o seu próprio umbigo, ou seja, para dentro de si mesma, mas tem uma visão do mundo carente da graça e misericórdia do Senhor. Uma igreja que investe nas pessoas que vivem na comunidade onde ela está inserida. Uma igreja que está preocupada com o bem-estar social e espiritual de sua vizinhança. É esse tipo de igreja que queremos ser.

4) QUEREMOS SER UMA IGREJA CHEIA DE ESPERANÇA.

O que caracteriza a sociedade hoje é “o desaparecimento da esperança” (p. 297), mas se olharmos para Jesus, Ele nos ajudará a sermos uma igreja cheia de esperança para o desesperançado mundo ao nosso redor. O tipo de igreja que queremos é uma verdadeira “comunidade de esperança” (Newbigin, p. 297).

Que para tanto, o Senhor nos ajude.

Seu pastor e amigo,
J. Laurindo.

 

Aliança Batista Mundial Convenção Batista Brasileira JMM JMN UFMBB UHBB JUMOC CBF STBN