TRANSMISSÃO AO VIVO

cultoaovivo2

Cultos gravados

cultos-gravados

BUSCA


Como chegar a PIBN

Digite o seu endereço.
Endereco:
Cidade:
Estado:
CEP:

Acompanhe a PIBN

Boletim Dominical

atividadespibn

PEDIDO DE ORAÇÃO

FAÇA AQUI O SEU PEDIDO DE ORAÇÃO ON LINE

Nome:

Telefone para contato:

E-mail:

Seu pedido:
 

Climatempo

Principal Editoriais Interessantes relatos
Interessantes relatos PDF Imprimir E-mail
A Revista do Promotor de Missões traz alguns relatos do trabalho que os nossos missionários estão realizando ao redor do mundo. Dentre os 1800 deles (em sua maioria constituída de brasileiros), temos uns que trabalham em países que têm tradição religiosa, mas sem a presença de Jesus na vida das pessoas. Outros estão atuando em locais onde há muita gente perdida nos vícios, na prostituição e de pessoas que se tornaram verdadeiras escravas do inimigo. Todos precisam ouvir a verdadeira mensagem de Jesus que é o caminho, a verdade e a vida.

1. O primeiro relato vem do casal Luis Cláudio e Denise Marteletto sob o título “O caminho de uma igreja na Itália”. Dizem eles:

“Chegamos a Vigevano, no norte da Itália, em novembro de 2015, nove meses depois que a missão havia sido iniciada por outro casal de missionários, Manoel e Raquel Florêncio. A nossa missão principal era solidificar o trabalho com o fim de plantar a igreja naquela cidade. Por isso, no primeiro ano focamos o nosso ministério no fortalecimento dos crentes que começaram a missão, enfatizando o compromisso com o Reino e mostrando-lhes que é possível crescer e multiplicar. Depois, começamos a dar passos mais largos, enfatizando o crescimento e a multiplicação como sendo resultados naturais de uma igreja que caminha na dependência de Deus. O caminho percorrido durante a plantação da igreja em Vigevano até aqui não tem sido fácil, pois são muitas as barreiras que enfrentamos no dia a dia. Mas nada disso desanima os cerca de 20 irmãos que hoje sempre dizem com alegria: “Somos uma igreja em Vigevano”. Um testemunho que mostra como Deus está agindo em nós e através de nós para que possamos mostrar aos italianos que Jesus é o caminho, a verdade e a vida.”

2. O segundo relato é de Luiza Rossi que atua na Frente de Combate ao Tráfico Humano. Em sua fala sobre “Ferida curada”, ela descreve:

“Conheci a história de uma mulher que foi abusada pelo próprio pai quando ela tinha quatro anos de idade.Ao completar sete anos, esse mesmo pai a vendeu por uma garrafa de bebida alcoólica e a menina viveu em um prostíbulo até a adolescência, quando ficou grávida e tiraram-lhe o bebê. Quando ela pensou que estava saindo dessa situação de escravidão, começou a namorar um homem que achava que era bom, mas acabou levando-a para outro país para continuar sendo explorada. Hoje ela está recuperada. Como falar para uma vítima ou alguém próximo a ela que Deus pode mudar aquela situação? Não é necessário muito, simplesmente a mensagem da Palavra, crendo que é suficiente a fim de que essas pessoas entendam que precisam de Jesus. O sangue de Jesus é suficientemente bom para curar qualquer ferida.”

Que esses relatos sirvam de inspiração a fim de que anunciemos Jesus Cristo como o único caminho, a única verdade, e a única vida para este mundo.

Seu pastor e amigo,

J. Laurindo

 

Aliança Batista Mundial Convenção Batista Brasileira JMM JMN UFMBB UHBB JUMOC CBF STBN