TRANSMISSÃO AO VIVO

cultoaovivo2

Cultos gravados

cultos-gravados

BUSCA


Como chegar a PIBN

Digite o seu endereço.
Endereco:
Cidade:
Estado:
CEP:

Acompanhe a PIBN

Boletim Dominical

atividadespibn

PEDIDO DE ORAÇÃO

FAÇA AQUI O SEU PEDIDO DE ORAÇÃO ON LINE

Nome:

Telefone para contato:

E-mail:

Seu pedido:
 

Climatempo

Principal Editoriais Que igreja queremos ser
Que igreja queremos ser PDF Imprimir E-mail
Muitos têm tentado estudar o que significa ser Igreja. O problema todo surge quando vemos grupos e mais grupos se multiplicando, dia após dia, e denominando-se Igreja. Mas será que eles podem ser identificados como tal? Será que só pelo fato de poder ter um registro no cartório, autorizaria um grupo a ser Igreja? Se olharmos para o Novo Testamento não encontraremos outra razão para a criação da Igreja a não ser pela palavra do Senhor Jesus. Ao se dirigir ao apóstolo Pedro, ele declarou: “...tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mateus 16.18b).

Só mesmo o Senhor tinha autoridade para organizar, fundar ou estabelecer a sua Igreja. Podemos então perguntar:

Que igreja queremos ser? Queremos ser uma Igreja que realmente professe o nome de Jesus, ou queremos ser uma organização humana? Queremos ser uma Igreja que se identifique com o Corpo de Cristo, ou queremos ser uma empresa com CNPJ e outros registros?

Que igreja queremos ser? Será que queremos ser uma Igreja na qual podemos fazer o que bem desejarmos, desde que sejamos servidos? Será que queremos ser uma Igreja só para aproveitar dos benefícios materiais que ela possui?

Que Igreja queremos ser? Será que queremos ser uma Igreja, ou uma instituição que não dá espaço para o amor? Será que queremos ser uma Igreja onde os relacionamentos funcionam de forma superficial, ou uma igreja onde há relacionamentos saudáveis?

É hora de refletirmos, com mais profundidade, no significado de Igreja, para que não caiamos na tentação de criarmos uma Igreja à nossa forma, uma igreja completamente diferente do Corpo de Cristo.

Uma Igreja que realmente professa a Cristo está mais preocupada com a verdadeira adoração, com a ajuda ao próximo, com a comunhão entre os irmãos do que com qualquer outra coisa.

Uma Igreja que professa o nome do Senhor é a Igreja que realmente queremos ser, caso contrário enganaremos a nós mesmos.

Queremos ser uma igreja viva, uma igreja que ama, uma igreja que abençoa, uma igreja que prega a Palavra, uma igreja que perdoa, uma igreja que anuncia a salvação, uma igreja que ama ao próximo, uma igreja onde Cristo é exaltado e glorificado.

Para tanto, o Senhor nos abençoe.

Seu pastor e amigo,
J. Laurindo.

 

Aliança Batista Mundial Convenção Batista Brasileira JMM JMN UFMBB UHBB JUMOC CBF STBN