TRANSMISSÃO AO VIVO

cultoaovivo2

Cultos gravados

cultos-gravados

BUSCA


Como chegar a PIBN

Digite o seu endereço.
Endereco:
Cidade:
Estado:
CEP:

Acompanhe a PIBN

Boletim Dominical

atividadespibn

PEDIDO DE ORAÇÃO

FAÇA AQUI O SEU PEDIDO DE ORAÇÃO ON LINE

Nome:

Telefone para contato:

E-mail:

Seu pedido:
 

Climatempo

Principal Editoriais Aprovado ou reprovado?
Aprovado ou reprovado? PDF Imprimir E-mail
Durante toda nossa vida passamos por provas onde nosso conhecimento é testado, onde nossa vida é testada, onde nossa fé testada. Os testes nos deixam preocupados, ansiosos, até mesmo nervosos, mas precisamos encará-los e superá-los. Os testes exigem de nós preparação, porque depois do teste, sempre vem a avaliação: Aprovado (podemos nos sentir aliviados, com a sensação de dever cumprido, felizes) ou (podemos Reprovado nos sentir culpados por termos falhado, tristes ou envergonhados por termos decepcionado alguém).

Neste texto, Paulo estava dando a Timóteo algumas recomendações de como ele deveria andar. Assim, podemos aprender 3 lições importantes para sermos aprovados por Deus:

1ª – Busque a aprovação de Deus: “Procura apresentar-te a Deus aprovado” 2.15a.

A palavra 'aprovado' nos dá a ideia de alguém que foi testado, mas que suportou a prova. Paulo recomenda a Timóteo que ele se esforce para se apresentar aprovado perante o Senhor. E esse esforço é algo constante. Como Timóteo era líder da igreja de Éfeso, Paulo o advertiu a andar de forma agradável diante de Deus, a fim de instruir outros na fé. Apresentar-se aprovado a Deus é ser irrepreensível nas atitudes e palavras e evitar as tendências pecaminosas. Por exemplo, fugindo de frases do tipo: 'Todo mundo faz!', 'É assim mesmo!', 'Não dá nada não!', porque se começarmos a concordar com elas, provavelmente estaremos fazendo algo que desagradará a Deus. Dessa forma, para sermos aprovados pelo Senhor, precisamos ser imitadores de Cristo, como nos ensina 1 Coríntios 11.1.

2ª – Seja transparente: “como obreiro que não tem de que se envergonhar” 2.15b.

A figura do obreiro pode ser entendida no texto como um 'trabalhador agrícola' e o adjetivo que o acompanha pode significar 'que não tem vergonha da sua profissão'. Dá a ideia de um trabalhador que fez bem o seu serviço e que pode submetê-lo ao seu chefe, sem dúvidas ou dificuldades. Ele não se envergonha, porque sabe que trabalhou bem. Timóteo está sendo incentivado a não se envergonhar de testemunhar e de pregar a palavra de Deus, já que este era seu ministério na igreja de Éfeso. Precisamos testemunhar de Cristo para as pessoas através de nossas palavras e ações. Temos que assumir a postura de cristãos, em qualquer circunstância ou lugar, sendo transparentes, não tendo vergonha de dizer “não” para tudo aquilo que contraria a Bíblia e, também, não tendo vergonha de dizermos que somos servos do Deus Vivo.

3ª – Seja um estudioso da Bíblia: “que maneja bem a palavra da verdade” 2.15c.

Devemos ter sempre a preocupação de usarmos bem a Palavra de Deus, pois quando fazemos isso, não a mudamos, não a pervertemos, não a distorcemos e nem fazemos uso dela com um propósito errôneo em mente. Antes, descobrimos a vontade de Deus para as nossas vidas e podemos colocar em prática os ensinamentos adquiridos, fazendo tudo para a glória de Deus. É interessante a história de Moody, um dos maiores pregadores do mundo. Certa vez, ele foi criticado por um homem: “O senhor deveria se calar e não tentar ser um grande pregador, porque fala mal e não conhece nada de gramática”. Moody, com toda humildade e sabedoria, respondeu: “Sei que tenho pouca instrução e nenhum conhecimento de gramática, mas faço o que posso a serviço do meu Senhor. Você que conhece tanto a gramática e tem tantos outros conhecimentos, o que é que faz?”. Moody morreu e é reconhecido no mundo todo como um grande pregador, enquanto o homem que o criticou, ninguém sabe quem foi. Aprendemos, com essa história real, a importância de nos esforçarmos em aprender a Palavra de Deus e a nos colocarmos à disposição do Senhor para o serví-lo.

Durante a última semana, participamos da TransNiterói. Nossa Igreja foi para as ruas e abriu suas portas para compartilhar o amor de Deus com aqueles que ainda não conheciam ao Senhor. A TransNiterói 2018 se encerra hoje. No entanto, continuaremos proclamando as Boas Novas de salvação em Jesus Cristo, pois o nosso Senhor espera que compartilhemos do seu amor todos os dias.

O trabalho do Senhor não para! Nesta semana que se inicia, a Igreja realizará outros dois projetos evangelísticos. De 22 a 29 de julho teremos o Projeto Comunidade (evangelismo por meio do esporte), que será realizado em algumas localidades de Niterói, por meio de uma parceria da PIBN com Atletas emAção. E aqui, em nossa Igreja, de 26 a 29 de julho, teremos EBF (Escola Bíblica de Férias), oportunidade de levarmos o Evangelho às crianças.

Que Deus nos abençoe e nos ajude a sermos obreiros aprovados, transparentes e comprometidos com o estudo da Bíblia, a fim de continuarmos proclamando em Niterói, no Brasil e no mundo que só Jesus Cristo salva, liberta e transforma!

Wellsif Osmar Zarske Barbosa Rodrigues,
Membro da PIBN.

 

Aliança Batista Mundial Convenção Batista Brasileira JMM JMN UFMBB UHBB JUMOC CBF STBN